Os muitos Abilios. Um Brasileiro único

Por:
Marcos Gouvêa
Data:
19/2/2024

Não é sempre que podemos compartilhar algo sobre alguém admirado, respeitado, diferenciado e inspirador como empresário, líder e ser humano com quem tivemos oportunidade de conviver e aprender.

Neste momento muito será escrito e falado sobre Abilio Diniz. Diante do privilégio de um convívio próximo por muitos anos, queremos destacar alguns aspectos que justificam tudo que de positivo será dito sobre ele.

Os primeiros contatos com Abilio foram do tempo em que participávamos em entidades de varejo. Ele já vinha fazendo história nos diversos formatos, conceitos e marcas do Pão de Açúcar. A admiração era ainda maior por sermos egressos da Fundação Getulio Vargas (FGV), onde o sonho dos formandos à época era trabalhar para uma multinacional do setor de consumo. Pouquíssimos optavam por atuar no varejo, visto como setor menor e menos relevante.

Mas reuniu ao seu redor um time de professores e profissionais em boa parte egresso da “escola” que se tornaram referência do pensamento empresarial liberal proposto nos cursos.

Ao longo do tempo, o que realizou no GPA, dentro e fora do Brasil, com a visão da expansão internacional e permanente busca de diferenciais, o tornou referência para além do varejo.

Nesse período, em algumas oportunidades nos aproximamos mais, desenvolvendo projetos para o Pão e sua atuação pessoal e empresarial magnetizava os que conviviam com ele. Tivemos a oportunidade de nos aproximamos da família, em especial daqueles filhos e irmãos que atuavam profissionalmente na empresa.

Era um Abilio determinado, obsessivo em tudo que fazia e com a visão privilegiada de se cercar de gente competente que o ajudasse na missão de consolidar o grupo como o maior varejista do Brasil e uma das maiores empresas privadas nacionais.

E que tinha a virtude invejável de conciliar visão e determinação executiva e ao mesmo tempo cuidar-se e cuidar de todos que com ele conviviam.

Do seu jeito.

Sendo duro, direto, exigente, mas ao mesmo tempo humano, parceiro e amigo.

Seu sentimento de compromisso com o País o tornou fonte privilegiada de consulta por todos os governantes, independentemente de partido ou linha política, por sua capacidade de análise de cenários e proposição de caminhos.

E o levou em certo período a dedicar tempo e sensatez com sua participação no Conselho Monetário Nacional (CMN). Num determinado momento, por razões familiares e econômicas, toda a organização foi impactada por questões não resolvidas que colocaram à prova, mais uma vez, sua capacidade de se superar e encontrar caminhos olhando o que fosse o melhor dentro do possível.

Mais à frente, entendeu que sua missão executiva junto ao Pão estava encaminhada e organizou o processo sucessório com cuidados e preocupações como fazia com tudo em que se envolvia.

Nesse processo, também encaminhou um movimento que levaria a um nível de internacionalização maior do conglomerado empresarial. E o sonho de criação de um grupo global de varejo brasileiro.

A maior proximidade com os filhos Ana Maria, João Paulo, Adriana, Pedro Paulo e netos, o casamento com Geyze e os dois filhos Rafaela e Miguel o tornaram ainda mais forte e determinando nos aspectos pessoais, empresariais e, principalmente, humanos.

Sua sempre reconhecida proximidade com a religião – era devoto de Santa Rita – se tornou ainda mais intensa ao mesmo tempo que a preocupação com os menos favorecidos o levou, junto com seus familiares mais próximos, a desenvolver programas de ajuda e apoio ao esporte e aos que mais necessitavam.

A solução das divergências com o parceiro internacional abriu espaço para uma diversificação de atenção que o levou à condição de um dos maiores acionistas do Carrefour e à entrada no setor financeiro, através da Península.

E fez surgir um Abilio ainda mais global e ao mesmo um investidor em segmentos distintos de todos aqueles em que tinha atuado anteriormente, levando sua sensibilidade, conhecimento e liderança para outras áreas mais.

Ampliou o leque de atividades compartilhando conhecimento e sua própria história e aprendizados em programas acadêmicos, palestras, cursos e iniciativas usando ferramentas digitais que o permitiam acessar muitos mais e ampliar o elenco dos que aprendiam e se inspiravam com ele e seus admiradores.

E cada vez mais humano, próximo e solidário com as pessoas que conviviam com ele.

O baque do acontecido com seu filho João Paulo colocou mais uma vez à prova sua fé.

As circunstâncias impuseram e ele sempre se impôs uma permanente e constante mutação, se adequando ou se antecipando às mudanças no ambiente familiar, empresarial, pessoal, político e entre amigos, sem abrir mão de seus valores e convicções.

Tinha sempre em mente que o papel do empresário era gerar renda e emprego, mas nunca se esquivou de compartilhar sua visão, aprendizados, sucessos e desafios para que outros pudessem também se dar bem. E nesse particular foi magnânimo como poucos sabem ser.

É difícil pensar num Abilio.

Faz mais sentido pensar nos muitos Abilios que foi ao longo de sua vida. Ele foi plural, visionário, inspirado e inspirador em tudo que realizou. E foi um Brasileiro único.

Como muitos mais poderiam e deveriam ser para ajudar a transformar a Nação, motivados por seu legado de que sempre podemos fazer mais e melhor se pensarmos de forma mais ambiciosa, evoluirmos, nos transformarmos e dedicarmos a fazer acontecer.

Como ele sempre inspirou os que com ele conviveram e aprenderam.

Marcos Gouvêa é fundador e diretor-geral da Gouvêa Ecosystem e publisher no portal Mercado & Consumo.

Fonte: conteúdo publicado em Mercado&Consumo.

Destaques

Nike inova com loja conceito da Jordan em Shibuia, Tóquio, Japão

A Nike, a empresa líder mundial em artigos esportivos, possui várias marcas, incluindo a icônica Jordan Brand. Estabelecida em colaboração com a lenda do basquete Michael Jordan em 1984, a Jordan oferece uma variedade de tênis e roupas esportivas exclusivas.
Leia mais

Guia definitivo do Direct to Consumer para 2024: tudo o que você precisa saber

O Direct toConsumer (DTC / D2C) é um modelo de negócios, no qual as indústrias vendem seus produtos diretamente aos clientes, sem intermediários, como varejistas e distribuidores
Leia mais

Valor Econômico: Aumenta a oferta de serviços financeiros pelo varejo

O jornal Valor Econômico publicou o especial Serviços Digitais, com uma série de matérias sobre como as empresa estão otimizando suas vendas por meio da tecnologia e também sobre as mudanças no comportamento do consumidor
Leia mais

Para repensar os impactos que vêm da China na economia, no consumo e varejo

Neste artigo, Marcos Gouvêa, diretor-geral da Gouvêa Ecosystem, destaca a essencial lição que a China oferece sobre o impulso do desenvolvimento por meio da educação.
Leia mais

Estadão: Governo fortalece sindicatos em decisão sobre trabalho aos domingos, e varejo fala em ‘caos’

Leia mais

PEGN: Franquias de alimentação ainda faturam milhões com marcas digitais

A reportagem do jornalista Paulo Gratão traz informações sobre o crescimento das marcas digitais de alimentação no Brasil e como algumas delas dividem o mesmo espaço físico, atendendo assim uma gama maior de clientes.
Leia mais

Ultimas postagens

Vagas abertas na Gouvêa Ecosystem

Já pensou em trabalhar no maior ecossistema de consultorias, serviços e soluções para consumo e varejo da América Latina?

Leia Mais

Campus Party Brasília 2024 (CPBSB6): mais de 145 mil pessoas participam do maior evento de tecnologia do País

A 6ª edição do Com o tema “To infinity and beyond”, Campus Party Brasília 2024 (CPBSB6) ocorreu entre os dias 27 e 31 de março, no Estádio Nacional Mané Garrincha.

Leia Mais

Luiz Alberto Marinho participa da 2ª edição da CEO Real Estate Conference, do Itaú BBA

Durante sua participação, Luiz Alberto Marinho apresentou as principais previsões e inovações para o setor em um painel moderado por Daniel Gasparete, analista chefe do setor de Real Estate no Itaú BBA, abordando questões sobre o futuro e os movimentos do segmento de shopping centers no Brasil.

Leia Mais

Gonow1 realiza imersão Liderança 360º

O curso Liderança 360º não promete soluções mágicas. Ele se concentra em ensinar a dominar as principais ferramentas para ser mais que um(a) chefe, mas sim, um(a) verdadeiro(a) líder.

Leia Mais

FALE CONOSCO

Fale com um de nossos especialistas e descubra o universo de possibilidades e inovação que a Gouvêa Ecosystem pode oferecer ao seu negócio.

Obrigado! Recebemos o seu contato!
Oops! Algo deu errado, tente novamente!
https://mercadoeconsumo.com.br/19/02/2024/artigos/os-muitos-abilios-um-brasileiro-unico/